A educação deve ajudar o homem brasileiro

“A educação deve ajudar o homem brasileiro a inserir-se criticamente no processo histórico e a libertar-se, pela conscientização, da síndrome do ter e da escravidão do consumismo”.

Paulo Freire, 1978